About Me

05 novembro 2018

Resenha: Quando o amor bater à sua porta - Samantha Holtz

| |

E aí, galera, tudo certo?

Esse post saiu com um bom tempo de atraso, mas enfim, chegou! rs O livro da resenha de hoje foi cedido pela Editora Arqueiro (obrigada, Arqueiro!) e deveria ter sido publicado há bastante tempo, mas como na época eu estava no final da gravidez, acabei não conseguindo dar conta do cronograma. Porém hoje, com um bebê lindão e já mais crescido, estou começando a me reorganizar, e estou muito feliz de estar conseguindo voltar a ler e escrever. Então, por favor, não me julguem mas teremos aqui algumas resenhas de livros mais antigos pois quero recuperar o tempo perdido.


"As nuvens estavam paradas. Tão paradas que, por um libertador instante, desconfiei que eu havia morrido. Até que elas se moveram…ou foi meu olhar sobre elas que havia mudado?”


Imagine a seguinte situação: Você é uma escritora de sucesso e está no processo de escrita do seu próximo livro, que está te dando um certo trabalho para encontrar o final perfeito. Nesse meio tempo, um estranho desmemoriado bate à sua porta dizendo ter uma reunião com você, na esperança de que você possa dizer quem ele é. Como se isso já não fosse o bastante, esse misterioso desconhecido afirma que a única informação que sabe sobre ele mesmo e que se chama Luiz Otávio, exatamente o nome do Herói do seu próximo livro. 


Ele tem um passado do qual não se lembra. Ela precisa esquecer o seu.

É dentro desse cenário que conhecemos Malu Rocha, uma famosa escritora de 29 anos que vem encontrando dificuldades para terminar seu novo romance. Forte, decidida e bem sucedida, Malu leva uma vida regrada que inclui em sua rotina pedalar, escrever e visitar  - em uma casa de repouso - o  avô, Sargento Ignacio, com quem nutri uma linda relação de amor e cumplicidade. 

Luiz Otávio Veronezzi sofreu um acidente de carro e perdeu todos os documentos - além da memória - e sua única pista para descobrir quem ele é, é um pedaço de papel que encontrou em seu bolso com seu nome e uma reunião agendada com Malu, que para seu desespero, não recorda de ter agendado nada com ele. Para completar a situação, Rebeca, a acessora da escritora, teve o computador formatado recentemente perdendo todos os dados de e-mails e reuniões agendadas dos últimos tempos, o que tirou o último fio de esperança de Luiz Otávio. No início, o primeiro impulso de Malu foi o de dispensar o misterioso estranho que bateu  à sua porta sem aviso prévio, mas sentindo-se responsável por Luiz e o que aconteceu com ele, a escritora resolve tentar ajudar.


"O infinito não pertence ao futuro; ele pertence ao presente.

Quando o amor bater à sua porta é um daqueles romances arrebatadores que ao final, dá aquele quentinho no coração e uma vontade incrível de continuar acompanhando aqueles pesonagens para saber o que vem depois. Não vejo outra maneira de descrever minha esperiênca com essa história.

Esse foi meu primeiro livro da autora Samantha Holtz e eu vou confessar que no início achei meio estranho. Com certeza concordo com todas as resenhas que li dos livros dela, dizendo que ela tem uma narrativa marcante. Como não estou muito acostumada, demorei um pouquinho (uns 3 capítulos, para ser mais precisa) para me acostumar e entrar mesmo na história, mas depois que começou a fluir, praticamente devorei o livro.

Este, definitivamente, não é apenas um romance que fala sobre um "relacionamento", é um livro que traz uma história real, com personagens reais, que faz a gente se identificar, rir, chorar e torcer por eles. Fala sobre superação, perdas e auto-conhecimento. Sobre se reencontrar. Malu é uma personagem incrível, forte e ao mesmo tempo frágil. A rosa por trás da Rocha. É muito bom ver o crescimento  e a evolução dela ao longo do livro, como ela passa a ver a vida de maneira diferente, e como, aos poucos, ela vai se curando de todos os traumas do passado conturbado dela.

Luiz Otávio é um personagem fofo, positivo, sempre sorrindo, sempre com uma resposta na ponta da língua, e que vai fazer todo o sentido para o que está acontecendo no momento. é sincero e dedicado e não poupa esforços para a ajudar quem estiver por perto, no caso, Malu, é claro.

O livro é narrado em terceira pessoa, mas a autora descreve tudo tão bem e de forma única, que nos possibilita ficar tão próximo dos personagens que chga uma hora que já não dá mais pra saber se a narrativa é em terceira ou em primeira pessoa. Um romance leve com um enredo bem contruido. Sem dúvidas indico esse livro, claro, para quem curte o gênero.

E vocês, já leram algum livro da Samantha Holtz? O que acharam? Não deixe de me contar aqui nos comentários!

Beijos.


















3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada dela, mas adoro um romance <3
    Esse pareceu instigante!
    Obrigada pela dica!
    Beijo
    Jess
    http://solsticio.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jessica, pois é, eu tenho um fraco por romances, também hehehe Curti muito a escrita dessa autora, vale a pena! Obrigada pela visita, beijos <3

      Excluir