About Me

17 setembro 2018

Bullet Journal: Minha primeira Brush Pen + treinando lettering

| |



Quem me conhece sabe que eu sou a louca da papelaria.  Amo organização e tenho coleção de cadernos e canetas. Quando iniciou a onda do bullet journal, fiquei desesperada para ter um bujo para chamar de meu. Mas, como nunca tive muito talento para desenho e coisas manuais, faltou coragem.

No entanto, como decidi que em 2018 eu me tornaria a melhor versão de mim mesma (rs!) resolvi criar coragem e começar estudando lettering para não fazer feio! Por isso, comprei minha primeira brush pen. E olha, foi uma verdadeira saga. Andei por diversas papelarias aqui em Porto alegre, e nada. Nem uma para contar a história. Até que eu encontrei a Koralle – e gente, não é propaganda, não! Só quero dividir a informação com quem está tão desesperada quanto eu.

Pois bem, comprei duas SAKURA KOI, uma lavanda (por R$10,80) e outra preta (por R$10,01).  Tentei uma stabillo mas estava em falta, então optei pela Triplus Fineliner preta, que saiu R$8,08 e um kit da Bic Intensity (preta, azul e vermelha) que custou em torno de R$ 15.



Estou super animada para começar a praticar! Confesso que já faz um tempo que comprei as canetas, mas ainda não tinha criado coragem para dar início, então eu assisti uns vídeos que a Ju Cirqueira do canal Nuvem literária postou, e me inspirei. Ela está postando uma sequência de vídeos muito legais com aulas e dicas da Ju Thom para quem quer iniciar no mundo do lettering.



Eu já havia tentado fazer uns rabiscos, que falharam lindamente. Isso me deixou meio desmotivada e acabei deixando tudo de lado. Agora entendi que meu erro foi não ter pesquisado e estudado de verdade, e tentado fazer tudo a la louca. Agora que entendi a importância de conhecer bem os traços, o caminho da letra, como eles sobem e como eles devem descer e sei que existe algumas regrinhas e caligrafias básicas para quem está iniciando, as coisas se ajeitaram um pouquinho.



Iniciei treinando os traços, mas esqueci de tirar foto 🙈, depois passei para o worksheet (que eu nem imaginava que existia ). A Ju disponibilizou um para download na descrição de um dos vídeos, mas como não consegui baixar, usei o freebie da acraft, disponível no blog da loja.



Como vocês podem ver, ainda estou bem no início, as letras estão saindo um terror, mas recém, foi o primeiro dia de treino. Mas conforme for avançando, vou postando por aqui.

E por hoje é isso, pessoal. Espero que voês tenham gostado. Queria dividir com vocês essa primeira experiência e deixar registrado que é possível sim, aprender lettering mesmo não tendo noção nenhuma de desenho, é só estudar e se dedicar que a coisa flui!E vocês, já tentntaram ou tem vontade de aprender também? Não deixem de contar aqui nos comentários!

Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário